carta ao papai noel

  Querido Papai Noel, me perdoe estar escrevendo tão em cima da hora; falta apenas um dia para o Natal. Certamente você já deve estar em seu trenó, se preparando para entregar os presentes das crianças e retornar ao Polo Norte para se preparar para mais um ano que está por vir.
  Não sou mais criança, mas espero ter sido um bom menino.
  Este ano foi tão estranho, me pergunto se na sua lista todos vamos ganhar pedras de carvão. Só gostaria que soubesse da nossa situação.
  Nós, meros humanos, somos criaturas fascinantes, sabe? Mas isso tem dois lados. Ao mesmo tempo que adoramos nos refrescar na água, poluímos os rios e mares, além de utilizar os recursos já escassos como se nunca fossem acabar. Nós prezamos muito pelo amor, principalmente quando se trata de quem nós vemos no espelho, mas na primeira oportunidade nosso ego fala mais alto e o abraço se torna o pé que derruba o próximo. Logo estaremos todos reunidos e cantando “Então é Natal, e o que você fez?” e a resposta dessa pergunta não é muito calorosa, sabe, Seu Noel.
  2020 foi escrito com sangue. Tantas coisas desagradáveis ocorreram desde o começo do ano, mas que parece que não nos ensinaram nada.
  Não sei se chegou aí no Polo Norte, mas tem um vírus bem perigoso que devastou a humanidade. Muitas pessoas se foram por conta dele, e um dos meios de evitar a proliferação dele era com uma quarentena geral, evitando aglomerações. Mas adivinha, o ser humano é tão amável que não aguentou e o lado sociável dele falou mais alto. Infectamos muitos familiares e várias outras pessoas desconhecidas, mas acho que tá tudo bem. O estresse de ficar sempre dentro de casa acaba com qualquer um. Não sei como o Senhor aguenta passar um ano inteiro na sua casa e só sair um dia e para entregar presentes, ainda.
  É engraçado, Seu Noel, porque muitos negam sua existência, assim como negam a da situação que vivemos. Aqui no Ocidente temos um tipo de ação solidária que as crianças mandam cartinhas para o senhor, mas por algum motivo não chegam até aí, daí fazemos seu papel. Os correios realmente se auto sabotam, não é mesmo? O altruísmo da humanidade é muito lindo, mas me entristece saber que aquelas cartinhas são ignoradas o ano todo. Me pergunto se é só para manter a imagem de bons moços e publicar nas redes sociais como somos diferentes e humanos; que nos importamos com o próximo.
  Não vou mentir, a situação aqui está bem feia.
  O nariz daquela sua rena, o Rudolph, ainda é vermelho? Nós que estamos respeitando as normas da pandemia também temos nariz vermelho, mas porque somos vistos como palhaços. Engraçado isso, né, Seu Noel? Nós somos as renas que levam o trenó dessa gente toda, e os presentes são de grego.
 
De qualquer forma, estamos tentando seguir em frente com o que dá. O ano foi extremamente ruim de várias formas, mas teve seus méritos.
  O clima natalino e festivo de final de ano é mágico. A união, o cheiro de notas de cem no comércio, a uva passa no arroz, por aí vai. Esse ano nenhuma das festas vou passar com o mesmo tanto de pessoas queridas por conta do distanciamento, e fico feliz por estarem respeitando. Por outro lado, há outras pessoas que nem daqui dez anos eu vou me sentar para comemorar algum momento. Sinto falta delas.
  Mas enfim, Seu Noel. O que eu gostaria de pedir ao senhor é um pouco diferente; não vamos encontrar em lojas, e acho difícil construir aí na sua fábrica, apesar que a oficina do diabo que é nossa mente vazia pode dar um chega-pra-lá nele e colocar em prática.
  Gostaria que a humanidade olhasse no fundo de seu coração e refletisse sobre o que fizeram, como é cantado naquela música que eu citei anteriormente. Somos realmente dignos de dias melhores? Se não, o que podemos fazer para alcançá-los? Pedir misericórdia a um Deus todo-poderoso chega a ser contraditório, pois nós mesmos não tivemos de nosso próximo. Não só esse ano. Eu sei que o mundo nunca vai ser um mar de rosas, mas que ao menos as poucas flores que existem, emitam seu aroma e seja o suficiente.
  Bom, Senhor Noel, espero que paz, empatia e bondade ainda estejam disponíveis para serem entregues. Não sei se existe um método Full ou SEDEX no Polo Norte para estas coisas, mas a espera vale a pena.
  Que o senhor tenha boas festas e um ano novo seguro, já que o senhor é de grupo de risco, viu? Caso esta cartinha chegue até outras pessoas, bom, que façam bom proveito e fiquem vivos.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on email
Email
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

69 anos de tradição da festa de são joão da vila industria

Festa de São João!🌽  “Na vila indústria “  69 anos de tradição !🎉 Programação Terço em louvor a São João Batista🙏🏻Comidas e bebidas típicas🥮☕️(gratuito)Apresentação de danças 💃🕺Brinquedos🎡 No local estara vendendo. cerveja, água, refrigerantes, caipirinha de vários saboresBarraca do churros😍   Música ao vivo “Marcos Paulo e Candé” Você é o

SOCIAL BY MARO VIANA

Bellinha e Silvio Calderaro parabéns pelas Bodas de Jaspe – Quarenta e Sete Anos de Casado, representa uma verdadeira conquista. Hoje em dia, manter um casamento firme e forte ao longo desses anos todos são para pouquíssimos casais. Essa pedra torna-se um escudo protetor, proporcionando uma sensação de segurança e

SIM, VOCÊ PRECISA DE COSMÉTICOS SENSUAIS – permita -se

É comum ouvir em uma roda de amigos que produtos sensuais não é para você.Quem disse isso está muito enganado (a). Existe um produto coringa que deve ser usado, por todas as pessoas, nos momentos de autoconhecimento e também durante as relações se.xuais: o lubrificante!  Ele é o coringa pois ajuda

VILLA GUINÉ SUINGA – A FESTA É TODA NOSSA

EITA QUE CHEGOU!!! 5 ANOS DO VILLA GUINÉ 😱🥳🤘 Bora começar as comemorações do nosso aniversário daquele jeito que adoramos, muito CHOPP EM DOBRO e aquela sonzeira com a banda Língua Preta. Esta esperando o que? Já manda aquela mensagem no grupo dos amigos e avisa que o rolê é

SOCIAL BY MARO VIANA

O Villa Guine recebeu a visita para uma resenha ilustre que pode mudar muitas coisas em terras tupiniquins, empresários de variados setores  produtores rurais que simpatizam dos memos ideias e lutam pelo melhor para seus funcionários, amigos, e vamos viver novos rumos. Nós precisamos ser fortes! Precisamos querer mais do

bon jovi – rock cover

A maior festa de rock de Tupã e região está de volta!!!🤘 Rock Cover Tupã traz o melhor cover do Bon Jovi ‘THESE DAYS! Na abertura tem ROCK STATION! 🎸 Não fique de fora dessa!! Marque na agenda: 🗓27 de julho 🕘 21h📍 Célimo Buffet | Tupã/SP Garanta seu lugar!Reservas

Rolar para cima