MARCELO YANO – TATUADOR

Desde de muito cedo ainda criança Marcelo gostava muito de desenho ao observar sua mãe lembra que ela é a fonte de inspiração

…. É eu sempre gostei muito de desenhar, minha maior referência de desenho foi a minha mãe, que quando eu era criança, muito criança mesmo. Talvez deveria ter ali uns cinco, seis anos. Ela fazia enfeite de aniversário, painel de aniversário, naquela época era tudo feito de isopor e feito à mão. …

Na época não tínhamos aceso a tecnologias que existe hoje. Naquela época  a mãe  desenhava tudo no isopor, tirava de uma folha, passava pro isopor, aumentava tudo e pintava, desenhava e pintava. O resultado era perfeito, a perfeição e acabamento da mãe era impecável. Então, começa ali o fascínio de Marcelo por desenhos. Sua paixão  pelo desenho surgiu daí. Vendo a mãe  fazer esses trabalhos e Marcelo nunca mais parou de desenhar. Como ele sempre diz:  Toda criança desenha, todas, né? Sem exceção, todas gostam de desenhar. E tem aquelas que param e tem aquelas que continua. Quem continua às vezes acaba seguindo um caminho aí, base com referência em desenho, arte e tal, mas no final das contas todas as crianças acabam desenhando num certo período da vida.

Muito mais que um dom, como em qualquer profissão, a dedicação, esforço e pratica, nos elevam ao patamar de excelência. E estudos e prática resultaram neste tatuador premiado e com sua AGENDA CHEIA.

Essas 2 fotos, são do prêmio mais valioso que já ganhei, pois essa convenção é a maior do mundo

O INICIO...

O começo, foi o desenho que  levou pra  vida inteira. Em 2006 Marcelo residia no Japão, sua ida ao Japão foi com o apoio da família,   Marcelo é muito agradecido a seu pai, que o incentivou a ir para o Japão, e foi lá que tudo começou.  Trabalhava em fábrica, e sua tela corporal tinha uma ou duas tatuagens, apesar de gostar muito desta arte, na época era muito complicado ter tatuagem por conta do preconceito. Ainda no Japão, coma contagem regressiva para retornar ao Brasil/Tupã, faltando pouco mais de um mês, um amigo que trabalhava na mesma fábrica que ele, lá, ele era ele era tatuador lá, eles conversando, Marcelo pensou por que não fazer da tatuagem sua nova profissão, o amigo descobrindo que ele gostava de desenho, Marcelo mostrou alguns desenhos e o amigo resolveu ensinar pois os traços dos desenho cotiam muito realismo.  O amigo disse se queria aprender a tatuar que ele  ensinava. E aí, lógico, Yano  não pensou duas vezes  e começou  ir no estúdio dele, que ele trabalhava aos finais de semana no shopping, e lá ele descobre  como é que funcionava a tatuagem. Mas foi muito rápido assim. Porque a data da volta já tinha data certa. não deu nem tempo de aprender direito, foi só no básico mesmo,  explicou como que funcionava a questão, de como era aplicação na pele e como que fazia, materiais, montagem, agulha e tal.

Marcelo retorna ao Brasil, começa a tatuar em sua  casa mesmo. Depois de um de um certo tempo, começa  tatuando os amigos e tal, neste momento não via possibilidades de viver desta profissão. A época a tatuagem não tinha como ser uma profissão muito, já era muito difícil, quase ninguém     tinha tatuagem, era muito difícil fazer tatuagem.

Então, no  paralelo parte para o campo  sempre digitalização de fotografia de imagem, fazendo álbum de formatura. De trabalhando para as empresas de formatura, na parte  de foto no computador. Isso daí de 2006  até mais ou menos 2011/12,  trabalhava com isso, pra fazer as duas coisas, trabalhava tanto com as fotos , como na montagem dos álbuns de formatura  só que tudo no computador. Em 2012,  realmente para tudo e começa a fazer só a tatuagem. Já tinha um grade número de pessoas que se interessavam pelo seu trabalho na arte da tatuagem, e neste momento viu a possibilidade de viver realmente de tatoo, a estabilidade de fato veem apeno seis anos depois Nesse período,  também fez, eu se formou em design gráfico em Marília, na UNIVEM,

E RELAÇÃO A TATUAGEM

Outro grande passo na carreira e quando Marcelo começa a frequentar convenção de evento, estudar bastante, fazer bastante pesquisa sobre as técnicas, e assim consegue elevar o nível gigantesco na carreira, isso deu uma visibilidade e implosão ao seus trabalhos.

 

...”Todo dia tá estudando, praticando, eu acho que isso leva a gente a um lugar mais alto do simplesmente ter um dom.”

Galeria de prêmios:

No total são 34 prêmios . A maioria nos estilos em que mais gosto de fazer, Realismo

No sentido de viralização, este trabalho foi campeão, foi postado no Instagram da G1, TNT SPORTS, LIBERTADORES BR,  fora um monte de perfil ligados ao Palmeiras, teve até entrevista da TV Globo de Presidente Prudente

Essas 3 tatuagens, foram as que mudaram minha carreira, me mandaram pra um degrau acima. A do Prass pela repercussão entre grupos do Palmeiras. A do Zico, pois foi postada no Instagram do próprio Zico. E a do ET, foi um trabalho que teve um nível mto alto de dificuldade

O que diária para quem esta começando?

Para quem esta começando,  em primeiro lugar, RESPEITO A ARTE, tatuagens não são feitas em larga escala numa linha de montagem, dentro de uma fábrica. Portanto, não existe promoção!

Em segundo lugar RESPEITO AOS TATUADORES antigos, que abriram as portas para que a tatuagem fosse, o que é hoje.

E depois, muito estudo, dedicação e amor a arte,  assim como em qualquer outra profissão,  quem começa visando o dinheiro, não vai pra frente.

Qual seu maior desafio?

Meu maior desafio é meu próprio legado. Observando a história de vida do meu avô ( Paulinho do Bar Universal), notei que bens matérias são esquecidos no tempo e perdem facilmente todo seu valor. Mas a pessoa que você é o que faz, isso prospera e ecoa pelo tempo e pelas gerações da família.

nota da redação

Costumo dizer que as pessoas que tem dons, ou como o Yano disse, foram muitas coisas que teve que passar, trabalhar no Japão foi a porta de abertura para seu crescimento e a definição da sua profissão no futuro, ai tem a história do preconceito em relação a tatuagem, que hoje isso pouco Câmara Municipal de Tupã numa moção de congratulações do então Vereador Capitão Neves e foi aprovado pelos 15 Vereadores.

Da infância o despertar pelo desenho e hoje casado  com Nathalia, pai do Benicio, põe a família como a base de tudo.

È por isso que a admiração faz parte desta coluna, que tenho um grande prazer em todas as semana contar e dividir com vocês.

Compartilhe esse artigo nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on email
Email
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

SOCIAL BY MARÔ VIANA – ANO I – EDIÇÃO 312

Laiana Scaranello, Geminiana da vizinha   Adamantina SP , dona da frase…Apenas por diversão Evoluir leva tempo, mas vale a pena. celebra hoje o dia de seu nascimento como um raio de luz que nos invade com tanta beleza não ia passar em branco, bjs meu amor, Que Deus te abençoe e

Ciranda Cultural – Oficinas Culturais

No dia primeiro de maio teve início, em Tupã, o Projeto CIRANDA CULTURA, realizado pelo Instituto Luiz Bertazzoni de Artes e Cultura. O projeto tem por objeto oferecer às crianças e adolescentes do município oficinas de artes gratuitas em diversos segmentos artísticos, como Ballet, Capoieira, Teatro, Música, Zumba entre outros.

DU CHEFF PIZZARIA TUPÃ – ESPAÇO PRESENCIAL – VISITA TECNICA

È AMANHA …..19h30 Inauguração da Ducheff Pizzaria em modo Presencial, ou seja todo o sabor e excelente atendimento nem ambiente amplo e aconchegante, grandes novidades em um novo cardápio e muitas novidades, os Cheffs Isau Veríssimo e Daniel Medeiros , esperaram a pandemia passar e fizeram tudo com muito bom

SOCIAL BY MARÔ VIANA – ANO I – EDIÇÃO 311

“ Embaixador “ Na melhor versão Gusttavo Lima, o guapo tupiniquim: “ Victor Fernandes “ foi assunto mais uma vez em meio aos flashs, do lance, no último FDS. O jovem gato que acaba de assinar sua carteira em novo conglomerado agrícola da nossa estância, fazendo jus ao estilo de vida

as quatro estações de vivaldi em recanto Motel

A Semana mais romântica do ano está chegando e Recanto traz para você a IV Love Week- nos inspiramos nas 4 estações para que possamos refletir que cada um de nós somos um universo de possibilidades … e vivemos momentos diferentes que precisam ser compreendidos … quando esse universo compartilha

SOCIAL BY MARÔ VIANA – ANO I – EDIÇÃO 310

No mundos dos fashionistas , Moda é coisa de indústria e Estilo cada um tem o seu, como diária “Glorinha Calil”, acho que assim definimos, a criatividade e bom gosto de Fla Baracat, a cada pesquisa para a nova estação ele faz bonito além da pesquisa in loco, ansioso para

odair marcuzzo 70 anos

FAMILIA MARCUZZO, é sempre um grande aprazer estar com vocês, primeiro por todo o carinho e acolhimento com todos, Silvana e Ana Paula, tenho certeza que o Odair esta muito Feliz, todos os detalhes estavam impecáveis, a muito tempo um sábado não estava tão badalado em terra tupiniquins, alias estávamos

03 aninhos do DUDU

Os queridos Amanda e Ricardo Manzano receberam no sábado no Buffet Maquina da Alegria os amigos, vips e familiares para celebrar os 03 anos de Eduardo DUDU Manzano, os avós Lucilene  e Marcelo Sabatine, Martha e Valter Manzano também compartilharam deste momento de muita alegria, e brincadeiras, Dudu espoleta como

Rolar para cima